Mulheres e religiões: para além da tolerância

image1-212x300A ONU (Organização das Nações Unidas), instituiu o dia 16 de Novembro como o Dia Internacional para a Tolerância. Tal data quer recordar, a cada ano, o reconhecimento da Declaração de Paris, assinada no dia 12 de novembro de 1995, como um esforço internacional do Ano das Nações Unidas para a prática da tolerância. Os signatários reafirmaram a “fé nos Direitos Humanos fundamentais” e na dignidade e valor da pessoa humana, além de poupar sucessivas gerações das guerras por questões culturais. Por isso, deve ser incentivada a prática da tolerância, a convivência pacífica entre todos os povos.

A Declaração Universal dos Direitos Humanos (ONU), aprovada em 10 de dezembro de 1945, afirma, entre outros artigos, que: “Todas as pessoas têm direito à liberdade de pensamento, consciência e religião” (Art. 18); “Todos têm direito à liberdade de opinião e expressão” (Art. 19); e “A educação deve promover a compreensão, a tolerância e a amizade entre todas as nações, grupos raciais e religiosos” (Art. 26).

A tolerância é definida como sendo o respeito pelas ideias, crenças ou práticas dos outros, sempre que estas sejam diferentes ou contrárias às nossas. A tolerância pressupõe o respeito mútuo e, acima de tudo, o entendimento mútuo, inclusive quando não se partilha dos mesmos valores. A tolerância é a capacidade de ouvir e aceitar os outros, compreendendo o valor das diversas formas de entender a vida.

Para refletir, no campo religioso, sobre as amplitudes da tolerância, a Comissão de Ecumenismo da Paróquia da Santíssima Trindade (Florianópolis), há 05 anos promove um diálogo inter-religioso, principalmente com representantes das três religiões abraãmicas: Judaísmo, Cristianismo e Islamismo.

A edição deste ano de 2017, que será o V Encontro Inter-religioso, tratará do tema “Mulheres e Religiões: para além da tolerância”. Com a presença de expoentes das religiões abraãmicas e da tradição de matriz africana, o diálogo inter-religioso, acontecerá no dia 16 de novembro (quinta-feira), das 19h30 às 22h00, no auditório da Igreja Matriz da Santíssima Trindade, à Praça Santos Dumont, Trindade, Florianópolis. A promoção e realização deste encontro é uma parceria da Paróquia da Santíssima Trindade, da Rede Ecumênica da Juventude de Santa Catarina (REJU/SC) e da Faculdade Católica de Santa Catarina (FACASC).

Fonte: Arquidiocese Florianópolis

Categoria(s): Sem categoria. Favorite o link.